terça-feira, 28 de junho de 2011

Avaliação

Olá pessoal, estou aqui novamente para falar sobre avaliação. Alias avialiação é moleza né? é só aplicar algumas atividades e ver como os alunos se seam certo! Errado. Avaliação é muito mais complexo que vocês imaginam, não é simplismento o estudante que é aviliado, mas sim o processo de ensino-aprendizagem, ou seja, o que é avaliado na verdade é se o professor estar conseguindo fazer com que os estudantes se desenvolvam na quele determinado assunto ou matéria. Calma! respire um pouco não estou querendo colocar a responsabilidade em suas costas, mas sim tira-la das constas dos estudantes, mostrando que é um complexo entre o que é ensinado e o que é de fato absorvido pelos estudantes, ou seja, caso o desempenho da turma não for satisfatório tenho que me perguntar se o preblema está com as estratégias que eu utilizei ou com os alunos ou nos dois. É preciso entender estamos falando de um processo que começa desde o planejamento do curso as atividades desenvolvidas. O planajamento serve para justamente verificar o que de fato está dando certo e o que é preciso malhorar para que os objetivos traçados no plao de curso sejam alcançados. Não é simplesmente, como mencionei no inicio, aplicar uma atividade a fim de verificar se o aluno sabe o conteúdo, mas sim um complexo jogo que exige de você uma postura de auto critica muito grande, uma vez que é complicado adimitir , as vezes, que o problema é com você que suas estratégias não conseguiram alcançar seus objetivos e consequentimente, muda-las para melhor se adaptar ao realidade da turma em questão, lembrem-se amigos não existe formula pronta para lecionar, cada turma é heterogênia e única, então o que da certo em uma determinada turma pode não dar certo em outras, portanto avaliar é isso é sobretudo, observar o que esta dando certo e o que precisa ser melhorada. Queridos colegas de profissão vou cair fora já falei demais, não quero mais importuna-los com essas reflexões de um velho professor que ama sua profisão, ama lecionar e sonha que as novas gerações de professores que chegarem irão dar continuidade a esse trabalho duro, dificil, mal remunerado e com todos os problemas que sabemos que tem, mas que escolhemos, então boa tarde fiquem com seus Deuses e vou tomar uma cervejinha gelada e comer uma acarajé.